Skip to content

Techint

Tenaris

photophotophoto

A Tenaris oferece produtos com tecnologia avançada além de serviços de gerenciamento de supply chain integrados em nível global para clientes como as principais empresas de óleo e gás do mundo e também para empresas industriais e de engenharia.

A Tenaris possui plantas na Argentina, Brasil, Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Indonésia, Itália, Japão, México e Romênia, serviços exclusivos globais e uma rede mundial de distribuição. Tem capacidade de produzir por ano 3,7 milhões de toneladas de tubos sem costura e 2,6 milhões de toneladas de tubos com costura. Emprega 26.800 pessoas no mundo todo.

A Tenaris é líder mundial em conexões premium e oferece tecnologia de ponta no desenvolvimento de tecnologias tubulares para operações, não apenas nos mais exigentes campos de gás e petróleo, mas também em aplicações mecânicas e estruturais de alto desempenho. A Tenaris é uma empresa de capital aberto, incorporada em Luxemburgo, e suas ações estão cotadas em Milão, Buenos Aires e México, e sua “American Depositary Securities” (ADS, sigla em inglês) estão cotadas no NYSE; a empresa adere aos padrões internacionais de governança corporativa, transparência financeira e de informação.

Linha do Tempo

  • 1954

    A Tamsa inicia suas operações no México e a Siderca na Argentina. Ambas as plantas são construídas pela Techint.

  • 1986

    A Siderca expande sua capacidade sem costura e assume a Siat, uma produtora argentina de tubos com costura estabelecida em 1948.

  • 1993

    A Siderca adquire ações da Tamsa e as empresas formam uma aliança estratégica.

  • 1996

    A Siderca adquire controle majoritário da Dalmine, Itália, assim que é privatizada. Com a Tamsa, a aliança estratégica passa a ser chamada DST. A Dalmine iniciou suas operações em 1909. Agostino Rocca, antes de fundar o Grupo Techint, foi seu Gerente Diretor.

  • 1998

    A Tamsa estabelece a Tavsa com a Corporación Venezolana de Guayana para assumir controle da fábrica de tubos de aço sem costura Sidor. Um ano mais tarde, a Siderca assume controle da Confab, no Brasil.

  • 2000

    No Canadá, a Siderca arrenda a fábrica de tubos de aço sem costura da Algoma Steel e começa a operar a AlgomaTubes.

  • 2001

    O nome Tenaris é apresentado, substituindo o DST. A Siderca passa a ser cotada na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE).

  • 2002

    A Tenaris S.A., constituída em Luxemburgo, se torna a empresa holding após negociação de ações da Siderca, Tamsa e Dalmine, e está cotada simultaneamente nas bolsas de Nova Iorque, Milão, Buenos Aires e bolsas de valores mexicanas.

  • 2004

    A Tenaris adquire controle da Silcotub, uma fabricante romena de tubos de aço sem costura.

  • 2006

    A Tenaris expande sua presença nos EUA, Canadá e Colômbia por meio do Maverick Tube Corp.

  • 2007

    Com a Hydril, a Tenaris expande sua oferta de produtos e serviços para a indústria de óleo e gás.

  • 2008

    A Tenaris estabelece uma nova unidade de rosqueamento em Qingdao, China.

  • 2009

    A Tenaris aumenta sua presença no Oriente por meio de integração com a SPIJ, uma empresa indonésia de OCTG. A Venezuela nacionaliza a TAVSA e a siderúrgica Matesi.

  • 2010

    A Tenaris conclui sua unidade de rosqueamento premium na Arábia Saudita.

  • 2011

    A Tenaris abre sua nova planta de laminação de tubos em Veracruz, México. Na Argentina, em Campana, inaugura um novo Centro de Tecnologia. Na África, expande as suas operações na Nigéria por meio de uma joint venture com a líder de mercado em revestimentos de tubos.

  • 2012

    A Tenaris e a Ternium passam a integrar o bloco de controle da Usiminas, maior produtora de aços planos do Brasil, junto à Nippon Steel e à Caixa dos Empregados da Usiminas (CEU).

  • 2013

    A Tenaris anuncia a construção de sua primeira planta de tubos sem costura em Bay City - Texas, Estados Unidos, assim como uma nova planta de Hastes de Bombeio em Conroe.


Visite o site da Tenaris

Techint