Skip to content

Techint

Ternium

photophotophoto

A Ternium é uma das empresas líderes na produção de aço na América Latina. Fabrica uma grande variedade de produtos, incluindo chapas galvanizadas e electrogalvanizadas, folha de flandres, laminados a quente e laminados a frio. Também se dedica a atender clientes que operam na construção civil, na indústria de eletrodomésticos, bens de capital, energia, alimentos e automóveis. Produz aços longos, tais como fio-máquina e componentes de construção metálica.

Com uma capacidade de produção anual de 10,9 milhões de toneladas de produtos acabados de aço e 16.800 funcionários, a Ternium tem centros de produção localizados no México, na Argentina, no Brasil (por meio de uma participação acionária na Usiminas) na Colômbia, nos Estados Unidos e na Guatemala, bem como uma rede de serviços e centros de distribuição na América Latina.

A Ternium segue os elevados padrões de qualidade, eficiência e tecnologia industrial de todo o Grupo Techint. É uma empresa de capital aberto com ações cotadas na bolsa de valores de Nova Iorque (NYSE: TX).

Linha do Tempo

  • 1969

    A Techint estabelece o início da laminação a frio na planta de Ensenada, na Argentina. Inicia a operação da Propulsora Siderúrgica.

  • 1992

    Na Argentina, a Techint adquire a Companhia de Aço Estatal Somisa. Junto com a Propulsora Siderúrgica, eles criam a Siderar.

  • 1997

    A Planta de Canning é incorporada à Siderar.

  • 1998

    A Sidor, na Venezuela, é privatizada. O consórcio Amazonia Consortium, formado pelo Grupo Techint, Hylsamex e Usiminas, vence a concorrência.

  • 2004

    Na Venezuela, a Sidor compra a Matesi (fábrica de briquetes) em parceria com a Tenaris.

  • 2005

    O Grupo Techint compra a Hylsa no México e, juntamente com Siderar e Sidor, cria a Ternium.

  • 2006

    As ações da Ternium começam a ser negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque com o símbolo TX. Na Argentina, as plantas de tubos soldados de Rosario e São Luis são incorporadas ao grupo.

  • 2007

    A Ternium é consolidada no México com a incorporação da Imsa.

  • 2008

    Em abril de 2008 o governo da Venezuela anuncia a nacionalização da Sidor. Em julho do mesmo ano, as autoridades assumem o controle operacional da companhia.

  • 2010

    A Ternium adquire participação majoritária da Ferrasa, uma empresa colombiana. A aquisição também inclui um fabricante e um distribuidor no Panamá.

  • 2012

    A Ternium e a Tenaris passam a integrar o bloco de controle da Usiminas, maior produtora de aços planos do Brasil, junto à Nippon Steel e à Caixa dos Empregados da Usiminas (CEU).

  • 2013

    A Ternium inagura um novo centro em Pesquería, Nuevo León, México. Parte do projeto foi desenvolvido pela Ternium no México e pela Tenigal, empresa na que a Ternium e a Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation têm 51% e 49% respectivamente do total da composição acionária.


Visite o site da Ternium

Techint