Todas as notícias

Carlos Zani: “Eu cresci com pessoas que me ensinaram e me mostraram o caminho”

Publicado 29.5.2024

O atual Gerente Sênior de Logística de Projetos da C20+ ingressou na Techint Engenharia e Construção como office boy há mais de 45 anos. Com um forte interesse em tecnologia, ele trabalhou em diferentes áreas da empresa, onde adquiriu uma vasta experiência profissional e conseguiu forjar uma carreira sólida. Saiba mais sobre sua carreira.

 

Uma vida, uma carreira, uma família na Techint Engenharia e Construção. Assim pode ser resumida a história de Carlos Zini, atual Gerente Sênior de Logística de Projetos da C20+, um dos maiores projetos da empresa no Chile. Já se foi o tempo em que o jovem “fazia tudo” nos escritórios de São Paulo, Brasil. Hoje, em outro país e com 60 anos de carreira, ele faz um balanço de sua trajetória profissional, desde o início em 1978, e deixa uma mensagem clara sobre a importância de trabalhar duro, ter paciência, saber esperar, aproveitar as oportunidades e aprender com os líderes.

 

Como foi o seu início na Techint E&C?

Nasci na cidade de São Caetano do Sul, em São Paulo (Brasil), perto de onde estavam os escritórios da empresa. Entrei no Grupo Techint, em 1º de dezembro de 1978, quando era muito jovem, como office boy, um aprendiz que fazia de tudo um pouco: tirava fotocópias, pagava contas no banco, fazia trâmites. Ajudava as secretárias, aos engenheiros e todo mundo que precisava de minha ajuda. Assim fui aprendendo. Primeiro, estive no setor de Controle de Qualidade e, logo de dois anos, fui para a área de Planejamento, onde comecei a ter um maior conhecimento sobre como as coisas eram feitas.

Houve alguma área específica que despertou seu interesse?

Naquela época, nos anos 80, a microinformática começou a ter muito peso e as empresas do Grupo passaram a incorporar mais a tecnologia. Eu me envolvi muito nisso, pois sempre me interessei pela capacidade que ela proporcionava de otimizar processos, integrar áreas e permitir que todos compartilhassem as mesmas informações. Sempre trabalhei nessa direção, buscando melhorar os processos sempre que possível. Também trabalhei no Controle de Produção, Administração de Materiais, Administração & Finanças, Suprimentos - Exiros, Engenharia de Compras, Sistemas, Sistemas de Engenharia, Logística, Comércio Internacional, Impostos, Operações, e outras mais.

O que você destacaria durante esse tempo de trabalho na empresa?

Há vários aspectos bem característicos: a liberdade que temos para expressar nossa opinião, fazer propostas e buscar melhoras; o bom acesso aos diretores da companhia; o impulso para que todos os empregados possam crescer e serem melhores; o profissionalismo para buscar permanentemente a excelência; e a transparência de gestão existente entre os colaboradores, os clientes e os fornecedores. Adoro isso, porque está em linha com os princípios que meu pai me ensinou: ser verdadeiro e buscar o bem. Porque se os demais estiverem bem, nós estaremos bem.

Uma visão clara que atravessa gerações...

Como é. Além disso, o DNA da empresa se caracteriza, por um lado, pelo objetivo de deixar uma marca nas comunidades próximas das operações, com o foco na educação, no desenvolvimento dos recursos humanos e no crescimento da comunidade. Por outro, seguir o lema dos fundadores: ter sempre paixão por aquilo que se faz. Eles conseguiram gravar isso em nós, a vontade, o desejo de buscar sempre a qualidade, cuidar dos custos, almejar os melhores resultados, cuidar da segurança e do meio ambiente. A companhia tem que continuar com este espírito fantástico!

E sua trajetória?

Que sempre estive acompanhado de bons líderes! Fui crescendo ao lado de pessoas que me ensinaram e mostraram o caminho. Os primeiros líderes são os nossos pais, depois os professores e quando começa a nossa vida profissional, são as referências bem-sucedidas, os que fazem bem as coisas e vão crescendo. Não há receitas para a liderança, a gente só tem ver os líderes no dia a dia para aprender como eles fazem.

Você teve momentos importantes em sua carreira?

Há quatro momentos que considero importantes em minha vida profissional. O primeiro foi quando um de meus chefes me incentivou a interagir com o mundo exterior, tive que viajar e aprender inglês. Não sabia nada de inglês, e em pouco tempo tive que fazer negociações fora do país, como organizar temas de logística internacional, etc. Aceitei o desafio, aprendi outro idioma, comecei a viajar e o mundo se abriu diante de mim.

Após isso, quando fui designado como líder do projeto SAP para o Brasil e a Argentina. Participei de cinco projetos dentro da companhia, para SAP Welded, Tenaris Global, Techint E&C Global, Exiros Global, apoio na localização Brasil do SAP Global de Ternium e Italimpianti (hoje Tenova). Tive a possibilidade de ter uma visão integrada de todas as empresas do Grupo, e de todas as áreas de cada empresa e de seus respectivos processos. Isso me deu uma perspectiva de 360º que me marcou para sempre, porque enriqueceu completamente minha visão.

O terceiro?

Quando participei da construção de uma plataforma petroleira, a P76, que hoje opera na extração de petróleo, a 160 km da costa brasileira, no meio do Oceano Atlântico. Durou vários anos, porque iniciamos com a oferta em 2012 e terminamos a plataforma em 2018. Esse projeto foi uma escola em si mesmo, um “doutorado” em processos. Tive que aprender muitas coisas, legislação naval, por exemplo, para enquadrar as autorizações de atracação de navios de longo curso de bandeira estrangeira, que eram necessários para desenvolver as atividades da empresa. Foi de uma complexidade enorme, uma operação offshore que respeitou ao pé da letra todos os requerimentos de segurança e exigiu o trabalho de 5.000 pessoas. Atualmente, é uma plataforma modelo que confirma, mais uma vez, a qualidade das obras da Techint.

O quarto?

Minha chegada ao Chile: uma experiência inesquecível. A recepção que tive da equipe chilena foi espetacular, pessoas muito boas e comprometidas, prontas para afrontar um projeto tão importante. É a primeira vez que moro neste pais e tudo tem sido muito gratificante.

Em sua opinião, quais são os próximos desafios na área de logística da companhia?

Aqui, no C20+ tivemos muito apoio da Gerência do Projeto e da Equipe de Logística e SERGE para a revisão dos processos e a possibilidade, juntamente com a área corporativa de IT, de criar uma nova solução, a Plataforma Logística. Temos avançado com o módulo aéreo, que já utiliza metodologia com abordagem na utilização da Inteligência Artificial (IA) para maximizar processos, favorecer a logística, e obter maior produtividade em todas as áreas, portanto, o próximo desafio será seu desenvolvimento e implantação para as demais áreas que envolvam Transporte Terrestre, Acampamentos e outros serviços sob nossa responsabilidade.

Que mensagem você pode deixar aos jovens?

O mais importante: fazer tudo com paixão. Que não venham para cumprir um horário, que encarem o negócio como se fosse deles e se comprometam. A vida está feita de oportunidades e se eles aproveitarem a oportunidade de estar na Techint vão crescer muitíssimo, vão ter acesso às melhores práticas, porque é uma empresa que quer que seu pessoal progrida. E o crescimento sempre ocorre em conjunto! Se eles gostam da vida e de sua profissão, a Techint é o lugar deles. Desfrutei muito de meus 45 anos na empresa, adoraria ter outros 45 anos como que os eu tive aqui!

Diria a eles também que se dediquem a aprender Tecnologia e Comunicação, porque estamos em uma época de transição e estas disciplinas são fundamentais para abordá-la.

Por último, meu conselho é que aprendam a esperar, que respeitem as hierarquias e os processos, e que aprendam da experiência dos mais velhos. O trabalho convence, e devem colocar o foco nesse ponto, em mostrar seu trabalho.

Alguma outra coisa que gostaria de destacar?

Somente agradecer. A vida passa rápido demais e devemos aproveitá-la. Eu me sinto muito realizado com minha carreira na empresa, tudo valeu a pena. Tenho três filhos profissionais, que são minha razão de viver, que também me acompanharam em tudo.

Últimas notícias

Saiba mais